Tapejara (PR) celebra 57 anos de olho na energia fotovoltaica

Crédito: Prefeitura Tapejara

A cidade de Tapejara (PR), governada pelo prefeito do PSL Rodrigo de Oliveira Koike, o Rodrigo Pezão, faz aniversário neste domingo (11) . O município de pouco mais de 16 mil habitantes completa 57 anos de idade, após ser emancipada de Cruzeiro do Oeste.

Localizada em uma das regiões mais desenvolvidas do Paraná, próxima de cidades-polo como Maringá, Campo Mourão, Umuarama e Cianorte e tem como pontos fortes na economia a indústria de laticínios, usinas de produção de álcool e agricultura familiar.

Rodrigo Pezão é o primeiro prefeito reeleito de Tapejara, com 7.237 votos, o que representa 78,20% do eleitorado da cidade. E promete, para os próximos meses, promover uma revolução na cidade. Ele vai inaugurar uma usina fotovoltaica que, quando estiver em pleno funcionamento, transformará Tapejara. “Seremos a primeira cidade autossustentável do país neste tipo de energia”, projeta Rodrigo.

Tapejara, em dialeto indígena, significa caminho por onde passam os amigos. “Somos uma cidade formada por um povo trabalhador, humilde e acolhedor. Mas não temos um potencial turístico consolidado”, reconhece Rodrigo, que ganhou o apelido de Pezão no início da adolescência, quando jogava nas escolinhas de futebol do município. “Eu tinha uns 12,13,14 anos de idade e já calçava 43, um pé muito maior do que dos seus colegas de disputas futebolísticas”, recorda o prefeito, que hoje calça 45.

Ainda assim, Rodrigo Koike aposta em um futuro promissor para Tapejara. “Promovemos, ainda em 2017, um grande programa de qualificação de nossos trabalhadores. E , agora, temos um terreno de 400 mil metros quadrados para que as empresas possam expandir seus negócios”, afirmou o prefeito, que é presidente da microrregião Amenorte, que envolve o município de Cianorte e mais 10 municípios.

Compartilhe