Colinas do Tocantins, cidade impulsionada pela Belém-Brasília, completa 61 anos

Crédito: Prefeitura de Colina do Tocantins

Colinas do Tocantins (TO), cidade administrada pelo prefeito Josemar Carlos Kasarin, mais conhecido como doutor Kasarin, completa, nesta quarta-feira (21), 61 anos de idade. A cidade, com cerca de 35 mil habitantes, fica à 260 quilômetros da capital do estado, Palmas.  Antes de se chamar Colinas do Tocantins, o município fazia parte do estado de Goiás, e se chamava Tupiratins, e em 23 de outubro de 1963, ficou conhecido como Colinas de Goiás, quando foi elevada à condição de município autônomo.  Com a criação do Estado do Tocantins, Colinas de Goiás, passa a se chamar Colinas do Tocantins.

A região de Colinas do Tocantins começou a se desenvolver por volta de 1960, com a construção da rodovia Belém-Brasília, a BR-153. Nesta época, houve grande afluência de pessoas de  todo Brasil que apostaram no desenvolvimento da região, já que a nova estrada iria cortar todo o cerrado, fazendo a ligação para a então recém inaugurada nova capital nacional, Brasília.

A padroeira da cidade é Nossa Senhora Aparecida. Anualmente, em 12 de outubro, é realizada uma grande festa para celebrar a data.

O prefeito, odontólogo de profissão, é natural de Faxinal do Soturno (RS). Foi eleito vereador por dois mandatos e chegou à Colinas impulsionado pelo crescimento da agricultura na região. Por conta de seu cargo, é bastante conhecido na cidade de 35 mil habitantes e pretende fazer uma administração popular, atendendo os anseios da população. “Transparência é o nosso maior diferencial”, assegura doutor Kasarin.

Compartilhe